A 5ª Onda - Rick Yancey

segunda-feira, fevereiro 22, 2016


Editora: Fundamento    Páginas: 367

Terminei de ler esse livro no penúltimo dia de janeiro. Estava lendo Amanhecer e parei para poder ler este e assistir ao filme logo depois. Começo dizendo que é uma leitura bem rápida e em menos de uma semana eu finalizei. Vou contar para vocês agora um pouco da história e o que achei.

A personagem principal Cassie Sullivan, nome de uma constelação chamada Cassiopeia, é uma adolescente como qualquer uma no ensino médio, tem seu crush Ben Parish, a sua melhor amiga Lizbeth e seu irmão mais novo Sammy. O primeiro capítulo já começa depois da quarta onda e vai explicando o que aconteceu em flashbacks até chegar onde o livro começou, para enfim continuar a história.


As "ondas" são os problemas causados pelos "Outros", sendo elas a falta de energia em tudo que era eletrônico, terremotos e tsunamis, isolamento e desconfiança entre os próprios humanos. Os "Outros" receberam esse nome pois ninguém sabe o que são, sabem que não são humanos mas se parecem com um, eles estão em uma nave no céu, sem fazer nada, apenas parados.

Cassie está a procura de seu irmão Sammy que foi separado dela. E acompanhamos Cassie nessa perigosa jornada na floresta, em cidades desconhecidas para encontrar seu irmão. Em um trecho do livro ela, enquanto organizava a mochila, guarda tampões (absorventes), escova de dentes, e materiais que a fazem lembrar de que ainda é humana. Achei esse trecho muito curioso, pois por mais que o livro seja de fantasia o autor quis mostrar o qual real isso parece, transportar o leitor. Que mesmo depois de tudo, não podemos nos perder (não sei se expliquei bem). 

No meio disso tudo ela conhece Evan, um rapaz que mora em uma fazenda e que acaba ajudando Cassie. Ela passa a confiar nele, coisa que graças a quarta onda era praticamente impossível. E claro, tem romance. Além desses que citei exitem também outros jovens que foram "recrutados" e gostei bastante de conhecer novos personagens, principalmente a Esp. O livro é dividido por partes e cada parte é contado por quatro personagens diferentes (sendo a maioria por Cassie), o que ajuda bastante. Vemos o quanto eles mudaram desde a chegada.


Adorei os personagens, achei que foram bem explorados levando em conta que ninguém confiava em ninguém para contar sobre seu passado. Fomos transportados para fazer parte da história junto com eles. Adorei o livro por ser um estilo e distopia diferente do que costumo ler, pois se trata de alienígenas, sem ter exatamente alienígenas que costumamos conhecer. O livro é narrado em primeira pessoa e a diagramação está ótima, apesar de ter encontrado alguns erros de concordância e tradução.

Recomendo para quem adora ficção cientifica e distopia, estou bem ansioso para ler ao segundo volume, "O Mar Infinito". Os livros fazem parte de uma trilogia, porém o terceiro volume ainda não foi publicado, mas já tem nome "The Last Star" e capa.




SOBRE O FILME
Como disse lá em cima, eu li o livro em menos de uma semana para poder assistir ao filme. Confesso que estava bem ansioso para poder assistir tudo que eu havia lido e acabei esperando demais.

Não estou dizendo que o filme não é legal, mas assim como toda adaptação teve seus cortes e acréscimos que não acho que foram necessários. Até certo ponto do filme eu estava ligado ao livro, mas depois de uma cena X parece que a história era completamente diferente. Confesso que poderia ser melhor

Ao sair da sala de cinema, meu pai perguntou se eu havia gostado do filme, de primeira disse que não e ele perguntou o porquê. Fui pensar no motivo e a resposta era que eu estava olhando o livro com o olhar de adaptação, e nem sempre esse olhar é positivo. Então comecei a avaliar o filme sem ter o livro como desculpa, e posso dizer que é um filme bom e bacana.

Tem uma ótima linha de raciocínio e não achei "buracos na história", apenas uma abertura para uma segunda adaptação. Outra coisa que não gostei muito foi do ator escolhido para fazer o Sammy (interpretado por Zackary Arthur), imaginei ele exatamente como o do filme (fisicamente), mas achei a atuação muito fraca e falsa, mesmo sendo uma criança. Porém o resto do elenco está ótimo, principalmente por ter a linda da Chloë Moretz como Cassie . E ótimos atores como Liev Schreiber (X-Men) e Nick Robinson (Jurassic World).

Quando o filme acabou começou a tocar a música dos créditos e quase gritei quando ouvi HAHA. Super combinou com o filme e fiquei na sala de cinema até o fim da música porque sim!

Demorei muito para escrever a resenha e posso ter deixado algo passar, mas espero que vocês leiam e depois venham aqui falar o que acharam.

Até mais :D

Leia também

0 Comentários